Assinatura RSS

Dicas Vida Saudável

DICA DA DALMA

PARA O SEU BRÓCOLIS FICAR VERDINHO E FIRME COZINHE SEM SAL E SEM TAMPAR A PANELA.

DICA DA DALMA PARA AS AMIGAS:

Cólica Menstrual

Medicamentos prescritos por um ginecologista são os responsáveis pelo tratamento da cólica menstrual. A alimentação entra em ação como plano secundário, sendo uma maneira de evitar os sintomas que acompanham a cólica, como dor nas costas e pernas, náusea, vômito, sudorese, dor-de-cabeça e diarréia, ou ainda, para driblar desconfortos mais intensos. O cardápio ideal para não sobrecarregar o organismo nessa fase do mês é composto por frutas, legumes e verduras, e pobre em gorduras.

A alcachofra é uma planta medicinal com um grande poder de cura para alguns problemas diários na saúde humana.
PROPRIEDADES TERAPEUTICAS
Antidiabética, Antiesclerosante, Colagoga, Diurética, Antiinflamatóría, Antianêmica, Antiasmática, Eupéptica, Cardiotônica.
INDICAÇOES FOLHAS
Hepatite, colecistite, arteriosclerose.
Uso interno: chá por decocção, na proporção de 30g de folhas para 1 litro de água, 1 xícara três vezes ao dia.
BRÁCTEAS
Inflamações rebeldes, anemia, litíase renal e vesical.
Uso interno: tenras, cruas ou ligeiramente aferventadas, comer duas vezes ao dia, durante algumas semanas.
Nefrite.
Uso interno: caldo misturado ao suco de limão, 1 xícara três a quatro vezes ao dia.
Diabetes.
Uso interno: ao natural, juntamente com suco de limllo, três a quatro vezes ao dia.
Bronquite asmática.
Uso interno: caldo misturado ao suco de límao e um pouco de azeite de oliva, 1 xícara três a quatro vezes ao dia.
Hemorr6idas, prostatite, uretrite.
Uso interno: caldo em mistura com suco de cenoura e de limão, 1 copo quatro vezes ao dia.
Debilidade cardíaca.
Uso interno: comer brácteas cruas ou cozidas, sob a forma de salada, acompanhadas de suco de limão.
HABITAT | CULTIVO
– A alcachofra é uma planta medicinal européia (Mediterrâneo), já era cultivada na Grécia Antiga. Tem preferência por solos süico-argílosos, de acidez não muito elevada e bem drenados. Em geral, desenvolve-se melhor nas regiões serranas, em clima temperado. Todavia, conseguem-se também resultados favoráveis quando plantada em meia-encosta ou baixadas férteis. Aconselha-se o plantio depois de uma boa chuva, e a colheita de 100 a 140 dias após o plantio.

Uso culinário e medicinal:
Os frutos colhidos e secos dão excelente tempero para carnes, com acentuado sabor picante.

As folhas podem ser colocadas in natura em molhos e temperos de carne ou grãos, como no brasileiríssimo feijão.
Secas, poderão ser guardadas em vidros fechados que conservarão o odor.

As folhas de manjericão entram na composição do famoso pesto dos italianos, que contém também sementes de pinoles e óleo de oliva bem macerados.

Na medicina caseira o manjericão é considerado como calmante dos nervos.

PROPRIEDADES NUTRICIONAIS
Além de doce e muito refrescante, a melancia é muito nutritiva. Possui hidratos de carbono (açúcar), Beta-caroteno (provitamina A) e Vitaminas do Complexo B e C. Também apresenta Cálcio, Fósforo, Ferro e muita água.
PROPRIEDADES MEDICINAIS
É recomendada para quem tem pressão alta, reumatismo ou gota. O suco de melancia provoca eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago e o intestino. Também é eficaz no tratamento da acidez estomacal, obesidade, bronquites crônicas.

Dica da Dalma

*Para sua beterraba não perder nutrientes, cozinhe-a com casca, após esfriar retire a pele.

*Para sua banana ficar bem crocante na fritura passe na farinha e no fubá

A Técnica para Retirar a pele do Tomate.


Coloque no fogo uma panela média de água para ferver.
Lave os tomates e, com uma faca pequena, faça uma cruz do lado oposto do cabinho (essa operação facilita muita na hora de tirar a pele).
Coloque os tomates na panela com água fervente e deixe por 30 segundos.
Retire-os da panela e passe por água fria.
Retire a pele com o auxílio de uma faquinha.

SOMOS O QUE INGERIMOS:
Seja vigilante da sua alimentação e pratique ESPORTES.

Dicas de Maria Fernanda para as mulheres em diferentes faixas etárias

Nutrição na adolescência

Durante a puberdade, o corpo das meninas se desenvolve mais rapidamente que em outras fases da vida e, portanto, a ingestão adequada de energia e nutrientes são fundamentais para acompanhar este ritmo, além de suprir as perdas provocadas pela menstruação.

Outro fato que merece atenção é que a liberdade e independência promovida por esta fase podem acarretar em maus hábitos alimentares. Aliado a isso está a questão da insatisfação com a imagem corporal que pode levar à adoção de dietas da moda ou o costume de pular refeições com o objetivo de emagrecer. Tudo isso torna a adolescente vulnerável à deficiência de nutrientes como vitaminas D e do complexo B, proteínas, e os minerais cálcio, ferro e zinco.

Nutrientes para as futuras mamães

A nutrição e o estilo de vida durante a gestação e a lactação são fatores críticos para o desenvolvimento e crescimento saudável da criança, assim como para a saúde da mãe. O ácido fólico (uma vitamina do complexo B) é essencial para a formação do DNA e do tubo neural já no início da gestação. O cálcio e a vitamina D atuam no desenvolvimento do tecido ósseo. O ômega-3 tem função nas células do sistema nervoso central e desenvolvimento da visão.

Evidências científicas sugerem que a vitamina B6 reduz a intensidade dos enjôos matinais, queixa freqüente nos consultórios.

Maturidade com saúde

A menopausa é reconhecida por ser um período de vulnerabilidade, estresse psicológico e sintomas depressivos. Um estudo realizado com mulheres de meia-idade mostrou uma melhora significativa de humor durante a suplementação com ômega-3. Esta gordura poliinsaturada é também protagonista na promoção da saúde cardiovascular.

Contudo, os sintomas mais comuns e reconhecidos nesta fase são as ondas de calor, decorrentes da diminuição nos níveis de estrógeno. Foi demonstrado que a genisteína, componente encontrado na soja e produtos derivados, diminui a freqüência e a duração das ondas diárias de calor em mulheres na pós-menopausa.

Um estudo publicado em 2009, randomizado e controlado, realizado com 84 mulheres nas fases de pré e pós menopausa demonstrou que aquelas que consumiram 30 mg de genisteína no café da manhã relataram menor frequencia e duração das ondas de calor, quando comparadas com as mulheres que receberam a mesma quantidade de placebo. A mesma substância, aliada ao cálcio e às vitaminas D e K, contribui para a manutenção do tecido ósseo.

DICAS PARA MANTER A FORMA NO VERÃO

refira sandes de carnes magras (peito de peru, frango)

Beba muitos líquidos (água, sumos naturais e chás ) .

Coma peixe grelhado, o peixe é ideal para acompanhar com uma salada, nesta altura existe uma grande variedade e o sabor é excelente;

Prefira pão, arroz e massa integral ou de mistura;

Evite os molhos;

Cuidado com as bebidas ricas em açúcares e abuse da água!

Os dias são mais longos, arranje companhia e faça uma caminhada de 30 minutos depois do jantar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: